25-05-2015 - 16:47

Câmara de Forquilhinha busca inspiração na Acanor

O presidente da Câmara Municipal de Forquilhinha, Rangel Loch, visitou o presidente da Associação de Câmaras Municipais do Noroeste de Santa Catarina (Acanor), Ademir Casanova, e o secretário executivo da entidade, Éderson Hermann, com a finalidade de buscar informações sobre como proceder para implantar uma associação. Forquilhinha, que fica na região Sul de Santa Catarina, fica próxima de outros 44 municípios que não fazem parte de nenhuma associação.

Para Loch, os vereadores entendem que são os primeiros a atenderem os anseios da população e que, por isso, seria interessante ter uma entidade que também os representasse. Dessa forma, diz ele, conseguiriam mais capacitações para vereadores e servidores, a exemplo da Acanor, que existe desde 2002.

A visita aconteceu no dia 21 de maio, justamente quando São Lourenço do Oeste realizada sua primeira sessão do Parlamento Jovem 2015. O presidente da Câmara Municipal de Forquilhinha ficou interessado no projeto e assistiu parte da sessão, para poder levar mais exemplos à sua cidade. “Buscamos a Acanor porque nos deram ela como referência de organização e participação no Estado”, diz Loch.

O secretário executivo da Câmara Municipal de Jupiá, Paulo Sacanagatta, participou da reunião contribuindo com sua experiência de servidor e porque também está desde a fundação da Acanor.

Buscando ajuda

Também participou do encontro o presidente da Câmara Municipal de Quilombo e presidente da Associação de Câmaras Municipais do Oeste de Santa Catarina (Acamosc), Dianei Forti. A Câmara a qual atua está implantando o Parlamento Jovem, e como na sua região não há nenhuma Câmara adulta com o programa, ele buscou a Acanor como referência para auxiliá-lo no processo.

O presidente da Acanor diz que a procura de outros Legislativos pelas ações da Acanor é motivo de muito orgulho, “porque nos dá a certeza de que estamos no caminho certo”.