16-05-2016 - 12:25

Mais de 100 pessoas participam de encontro regional mirim da Acanor

Um dia de formação especializada aos jovens parlamentares que vão atuar em 2016. O primeiro encontro Região Oeste de Câmaras Mirins, promovido pela Associação de Câmaras Municipais do Noroeste de Santa Catarina (Acanor), foi realizado durante toda a sexta-feira (13), no plenário da Câmara Municipal de São Lourenço do Oeste.

Conforme o secretário executivo da Acanor, Éderson Hermann, o público superou as expectativas de participação, pois foram oito Parlamentos Jovens – São Lourenço do Oeste, Jupiá, Galvão, Irati, Santiago do Sul, São Bernardino, Coronel Martins e Xaxim –, além de vereadores adultos, vice-prefeito, servidores do Legislativo e professores, resultando em mais de 100 pessoas na formação.

O vereador de Jupiá e membro do conselho fiscal da Acanor, Bolivar Turmina, disse que o treinamento serve de aprendizado para que os jovens possam atuar de maneira eficaz em suas Câmaras Mirins, além de servirem de inspiração para os colegas que futuramente também poderão ingressar no Programa Parlamento Jovem. Ele lembra que o programa não tem o objetivo de formar políticos, mas sim lideranças atuantes na sociedade.

 

Estreantes

De todos os participantes, Irati, Santiago do Sul, São Bernardino, Coronel Martins e Xaxim são estreantes em Câmaras Mirins, estando todas elas em suas primeiras legislaturas. Destas, a que fez o caminho mais longo para participar do curso foi Xaxim, distante aproximadamente 110 quilômetros de São Lourenço do Oeste. Eles participaram com cinco vereadores mirins e o coordenador do programa, o vereador Armando Ronclaglio.

 

Formação

Foram quatro palestras, duas pela manhã e outras duas à tarde. Os temas em debate foram “Processo e técnica legislativa no âmbito do Parlamento Jovem”, com Éderson Hermann, “Direitos e deveres dos cidadãos a luz da Constituição Federal”, com o mestre em Direito Alex Copetti, “Ética e moral na sociedade e na política”, com o professor João Patinho, e “Comunicação, oratória e etiqueta no exercício da vereança mirim”, com a jornalista Angela Maria Curioletti.