31-07-2015 - 09:56

Escola do Legislativo quer mais cinco Câmaras Mirins na Acanor

Entre os dias 28 e 30 de julho, a Escola do Legislativo percorreu cinco municípios do Noroeste a fim de explicar e orientar sobre o Programa Parlamento Jovem, hoje realizado pelas Câmaras Municipais de São Lourenço do Oeste, Jupiá e Galvão. Todas elas estão integradas à Associação de Câmaras Municipais do Noroeste de Santa Catarina (Acanor). Os Legislativos que ainda não possuem o Parlamento Jovem são: Coronel Martins; Irati; Novo Horizonte; Santiago do Sul e São Bernardino.

Gestora no Núcleo de Educação para a Cidadania, Lea Medeiros Cardoso foi quem conduziu os encontros da Escola do Legislativo. O presidente da Acanor, Ademir Casanova, e o secretário executivo, Éderson Hermann, acompanharam os trabalhos. Para Lea, trata-se de um programa pedagógico político, voltado para a cidadania dos jovens e com o objetivo de dar formação para que eles assumam lideranças em outros espaços da sociedade. “A ideia não é que eles sejam vereadores, mas sim lideranças responsáveis”, explica.

O presidente da Acanor se diz entusiasmado com a recepção dos Legislativos e também do setor da educação, que terá participação direta no processo do programa. “Vi que neste primeiro contato o envolvimento foi muito bom, de todos os setores. O processo está bem encaminhado e tudo indica que vai se concretizar em todas as Câmaras”, ressalta Casanova, agradecendo a Escola do Legislativo pelo trabalho especial que está fazendo com a Acanor.

Casanova ainda destaca o apoio recebido das Gerências Regionais de Educação (Gereds) de Quilombo e São Lourenço do Oeste. “A semente já foi plantada, agora é preciso regar”, finaliza. Hoje, Santa Catarina possui 46 municípios com o Programa Parlamento Jovem, sendo que as Câmaras Mirins da Acanor servem de referência para outras.